sexta-feira, 31 de maio de 2013

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Notícias fonteG1 ciência e saúde

24/05/2013 08h58 - Atualizado em 24/05/2013 08h58 Farmacêutica Merck suspende testes clínicos de remédio contra Parkinson Medicamento Preladenant não teve efeito esperado por pesquisadores. Sintomas mais conhecidos da doença são a rigidez e os tremores no corpo. Da France Presse 2 comentários saiba mais Estudo manipula gene ligado ao Parkinson e prolonga vida de moscas Dia de Combate ao Parkinson teve atividades em Rio Preto (SP) Cafeína pode trazer melhora para vítimas de Parkinson, diz pesquisa Brasileiros descobrem novo alvo para tratamento de Parkinson Pesquisa vincula gene a risco maior de Alzheimer em afro-americanos Exercício diário diminui risco de Alzheimer em idosos, mostra estudo O grupo farmacêutico americano Merck anunciou nesta quinta-feira (23) o fim dos testes clínicos com o Preladenant, um remédio com potencial para tratar o Mal de Parkinson, diante de resultados abaixo do esperado. Merck destaca que um "estudo de dados provenientes de três testes diferentes de fase 3", o último passo antes da comercialização, "não proporcionou evidência da efetividade do Preladenant em relação ao placebo". "Com base nestes resultados, Merck decidiu encerrar os estudos", diz o laboratório, acrescentando que a medida "não foi motivada por problemas de segurança" em relação à droga. "Estamos comprometidos com a pesquisa neurológica e realizaremos uma análise mais detalhada dos dados" dos testes abortados "para informar à comunidade científica", disse David Michelson, um dos principais membros do projeto. O Mal de Parkinson é muito complexo, o que torna difícil o tratamento dos pacientes e o desenvolvimento de enfoques terapêuticos. A doença de Parkinson é causada por uma diminuição nos níveis de um neurotransmissor no cérebro chamado dopamina. A queda acontece pela morte de células em uma região conhecida como substância negra. Os sintomas mais conhecidos da doença são a rigidez e os tremores no corpo.

domingo, 19 de maio de 2013

Aos amigos e amigas ..... Estamos todos passando por alguns momentos difíceis e sabemos que podemos contar uns com os outros. Isso significa muito. Eu estou aqui! Todos nós precisamos de pensamentos positivos, de uma oração, pare apenas um minuto e dedique este tempo à Deus. voltassem à Deus com uma oração a todos aqueles que estão sofrendo com as consequências das secas, chuvas, problemas familiares, de saúde, trabalho, financeiro, preocupações de quaisquer tipos e que precisam saber que alguém está se preocupando com eles. Faça isso por todos nós, porque ninguém está imune. amigos para dar, pelo menos, um apoio moral aos que sofrem. Eu sei que alguém vai fazer isso! Eu fiz isso por um amigo e você, também, pode.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

C O N VI T E

SEJA BEM VINDO
 PORTADOR DE PARKINSON, SEUS CUIDADORES,FAMLIARES, VOLuNTÁRIOS PROFISSIONAIS DA SAUDE.
 iNÍCIO DAS NOSSAS ATIVIDADS DIA 04.02;2013
 MUSICOTERPIA 11.02.2013
lOCAL SEDE :RUA AMARO JOSE PEREIRA, ANTIGA ESCOLA BERNARDINO SENACAMPOS . EMAIL :APKTFRENTE@HOTMAIL.COM
 PARTICIPE

fone contato 96232040 ou 35248344
Celia

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Feliz Ano Novo

INICIAL ESTADOS BRASIL MÍDIA MUNDO AMÉRICA LATINA CULTURA GERAL MOVIMENTOS ECONOMIA TV VERMELHO RÁDIO MUNDO 2 A A A 2 DE JANEIRO DE 2013 - 13H18 Cientistas podem ter descoberto a cura para Alzheimer e Parkinson Cientistas russos estão testando um novo medicamento que salva as células nervosas da destruição. No futuro, esta substância poderá combater as patologias mais difundidas do sistema nervoso – a doença de Parkinson e de Alzheimer, derrames e até mesmo a depressão. Agora, a invenção está na fase de testes complementares. Os especialistas acreditam que o medicamento será aplicado já nos próximos anos. O combate às doenças do sistema nervoso central é uma tarefa difícil e cara – um ciclo de tratamento das doenças de Parkinson e de Alzheimer custa cerca de 1 milhão de dólares. Nos últimos 25 anos, cientistas de todo o mundo pesquisam meios de simplificar e aperfeiçoar este processo. Uma das principais dificuldades é não haver total conhecimento sobre os processos químicos que ocorrem no cérebro – diz a cientista e doutora em medicina Larissa Chigaleichik: "O cérebro possui propriedades defensivas. Ele não aceita bem os remédios. Isto é, o remédio deve ser aplicado diretamente no cérebro para não se perder no fígado e não se destruir nos rins. Este é o principal problema. Agora estão sendo criadas novas variantes de introdução desses remédios em animais, estes problemas estão resolvidos." "Os cientistas russos estão mais perto do êxito", diz a dirigente do Departamento de Química do Instituto de Pesquisa científica V. V. Zakussov, da Academia Russa das Ciências Médicas, Tatiana Gudasheva. "Nós estudamos vários modelos de Alzheimer, vários modelos de Parkinson, vários modelos de derrame e em todos eles tivemos resultados positivos. Nós já obtivemos a patente russa. Agora estamos patenteando em outros países. Nós pedimos a patente americana, a patente europeia e entregamos o requerimento na Índia e China", afirma Tatiana. Segundo o diretor do Instituto de Pesquisas Científicas de Farmacologia da Academia das Ciências Médicas da Rússia, Serguei Seredenin, a elaboração está na fase pré-clínica de pesquisas. Isto significa que a substância pode se tornar remédio já nos próximos anos. Os cientistas russos pedem para não sobrestimar o significado da elaboração, até que ela passe por todos os testes pré-clínicos e clínicos. Somente depois deles, ela poderá se tornar medicamento. Farmacêuticos de diferentes pontos do mundo disseram reiteradas vezes que os remédios contra as doenças de Parkinson e Alzheimer podem ser criados já no futuro próximo. Fonte: Voz da Rússia

sábado, 29 de dezembro de 2012

Notícias da beija flor DRA.Vanderci Borges a)Alterações autonomicas:gastrointestinal,cardiovascular,sudorese,urinaria e disfunção sexual. b)Disturbios do sono:insonia,sonolencia,penas inquietas, sono agitado esonho viivdo. c)Alteração das funções coogniitvs:Atenção,memória,fluenci8a verbal e executiva. d)Alterações Psquiatricas:depress~~ao,ansiedae,patiapsicose,impulso. e)fadiga,dores,diminuição do olfato.

Notícias da Revista Beija Flor

1)Palavras do Presidente da ABP .Samuel Grosmanno a")A mnaioria de nossos associados tomou conhe3cimentodo falecimento da esposa Marylandess ,fundadora da asociação Brasl Parkinson. b) A revista beija flor espera voltar a publicar duas edições . c)materia da capaLigia Melo do Nascimento, conheceu a enfermidade aos 21 anos. d)Isenção de Tributos Federais, a quase dois anos a ABP e diversas associações efetuaram o pleito da mesma sobre equipamneto da DBS.

Luto

Estamos de Lutoo Nossa companheira e amiga Josefina, a Cut Cut ,nos deixou ontem , e partiu para uma outra vida. Queremos deixar registrado todo o carinho que sentimos por ela,assídua a todas as reuniões com seus 83 anos, festejados os dois ultimos em nossa sede,queremos dizer q ue ela sempre será nosso exemplo d evida e que a ammaos muito,. asssim como seu familaires eespecial a sua cuidadora e filha Gena.Noossos profundos sentimentos de compaixão e amor,para vocês.